; ; ; Algumas frases filosóficas | Olhar Feminino

Algumas frases filosóficas

Estas são profundas hehehe

De pouco me serve, para ser feliz, o facto de poder ir tomar café a Londres e voltar para o almoço, ou ter a possibilidade de assistir a um importante jogo de futebol comodamente instalado na sala de estar da minha casa, se o meu egoísmo me afastar diariamente dos outros. Ou se a consciência me acusar de ter conquistado dinheiro e bem-estar à custa de prejudicar outras pessoas.
(Paulo Geraldo)

A felicidade continua a exigir de nós comportamentos que não são compatíveis com a facilidade. Não nos tornamos felizes carregando num botão. É preciso subir montanhas, insistir em esforços prolongados; acreditar, até ao heroísmo, na lentidão. Por vezes, reunimos todas as forças e não sabemos se aguentamos até ao fim do dia.(Paulo Geraldo)

A prudência considera os meios que levam à felicidade, mas a sabedoria considera o objeto da felicidade.
(S. Tomás de Aquino)

Uma ação mais perfeita causa um prazer mais perfeito.(S. Tomás de Aquino)

A felicidade é o bem próprio dos seres humanos. Os animais só podem ser chamados felizes por um mau uso da linguagem.(S. Tomás de Aquino)

Visto que a alma é criada diretamente por Deus, não pode ser completamente feliz a não ser que veja Deus diretamente.(S. Tomás de Aquino)

A felicidade final de qualquer ser intelectual é conhecer Deus.(S. Tomás de Aquino)

Todos os seres procuram Deus, não explicitamente, mas implicitamente.(S. Tomás de Aquino)


Não existe desejo que não seja dirigido a um bem. O pecado não surge na vontade sem alguma ignorância no intelecto. Porque não desejamos nada a não ser que seja um bem, quer real quer aparente.(S. Tomás de Aquino)


O mal não é nunca amado senão sob o aspecto de bem; isto é, na medida em que é verdadeiramente um bem sob determinado aspecto, mas é concebido como um bem em absoluto.(S. Tomás de Aquino)

2 Comentários:

K@ROL disse...

eu amei

Anônimo disse...

mto legal, ADOREI!

Postar um comentário

Olhar Feminino | Template created by O Pregador | Powered by Blogger |Personalizado por Jô Angel