Mostrando postagens com marcador Textos Lindos. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador Textos Lindos. Mostrar todas as postagens

O amor nos pequenos gestos - Rita Apoena

O amor nos pequenos gestos

tumblr-love-olhar-feminino-facebook

Sabe, acho que ninguém vai entender. Ou se entender não vai aprovar. Existe em nossa época um paradigma que diz: enquanto você me der carinho e cuidar de mim, eu vou amar você. Então, eu troco o meu amor por um punhado de boas ações. Isso a gente aprende desde a infância: se você for um bom menino, eu vou lhe dar um chocolate. Parece que ninguém é amado simplesmente pelo que é, por existir no mundo do jeito que for, mas pelo que faz em troca desse amor. E quando alguém, por alguma razão muito íntima, corre para bem longe de você? A maioria das pessoas aperta um botão de desliga-amor, acionado pelo medo e sentimentos de abandono, e corre em direção aos braços mais quentinhos. E a história se repete: enquanto você fizer coisas por mim ou for assim eu vou amar você e ficar ao seu lado porque eu tenho de me amar em primeiro lugar. Mas que espécie de amor é esse? Na minha opinião, é um amor que não serve nem a si mesmo e nem ao outro.

Eu também tenho medo, dragões aterrorizantes que atacam de quando em quando, mas eu não acredito em nada disso. Quando eu saí de uma importante depressão, eu disse a mim mesma que o mundo no qual eu acreditava deveria existir em algum lugar do planeta. Nem se fosse apenas dentro de mim... Mesmo se ele não existisse em canto algum, se eu, pelo menos, pudesse construi-lo em mim, como um templo das coisas mais bonitas em que eu acredito, o mundo seria sim bonito e doce, o mundo seria cheio de amor, e eu nunca mais ficaria doente. E, nesse mundo, ninguém precisa trocar amor por coisa alguma porque ele brota sozinho entre os dedos da mão e se alimenta do respirar, do contemplar o céu, do fechar os olhos na ventania e abrir os braços antes da chuva. Nesse mundo, as pessoas nunca se abandonam. Elas nunca vão embora porque a gente não foi um bom menino. Ou porque a gente ficou com os braços tão fraquinhos que não consegue mais abraçar e estar perto. Mesmo quando o outro vai embora, a gente não vai. A gente fica e faz um jardim, qualquer coisa para ocupar o tempo, um banco de almofadas coloridas, e pede aos passarinhos não sujarem ali porque aquele é o banco do nosso amor, do nosso grande amigo. Para que ele saiba que, em qualquer tempo, em qualquer lugar, daqui a não sei quantos anos, ele pode simplesmente voltar, sem mais explicações, para olhar o céu de mãos dadas.

No mundo de cá, as relações se dão na superfície. Eu fico sobre uma pedra no rio e, enquanto você estiver na outra, saudável, amoroso e alto-astral, nós nos amamos. Se você afundar, eu não mergulho para te dar a mão, eu pulo para outra pedra e começo outra relação superficial. Mas o que pode ser mais arrebatador nesse mundo do que o encontro entre duas pessoas? Para mim, reside aí todo o mistério da vida, a intenção mais genuína de um abraço. Encontrar alguém para encostar a ponta dos dedos no fundo do rio - é o máximo de encontro que pode existir, não mais que isso, nem mesmo no sexo. Encostar a ponta dos dedos no fundo do rio. E isso não é nada fácil, porque existem os dragões do abandono querendo, a todo instante, abocanhar os nossos braços e o nosso juízo. Mas se eu não atravessar isso agora, a minha escrita será uma grande mentira, as minhas histórias serão todas mentiras, o meu livrinho será uma grande mentira porque neles o que impera mais que tudo é a lealdade, feito um Sancho Pança atrás do seu louco Dom Quixote. É a certeza de existir um lugar, em algum canto do mundo, onde a gente é acolhido por um grande amigo. É por isso que eu tenho de ir. E porque eu não quero passar a minha existência pulando de pedra em pedra, tomando atalhos de relações humanas. Eu vou mergulhar com o meu amigo, ainda que eu tenha de ficar em silêncio, a cem metros de distância. Eu e o meu boneco de infância, porque no meu mundo a gente não abandona sequer os bonecos que foram nossos amigos um dia.

Agora em silêncio, tentando ensinar esses dragões a nadar.

Rita Apoena

Dia do amigo – 20 de julho


dia-do-amigo-olhar-femininoQuero ser o teu amigo.
Nem demais e nem de menos.
Nem tão longe e nem tão perto.
Na medida mais precisa que eu puder.
Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida,
Da maneira mais discreta que eu souber.
Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar.
Sem forçar tua vontade.
Sem falar, quando for hora de calar.
E sem calar, quando for hora de falar.
Nem ausente, nem presente por demais.
Simplesmente, calmamente, ser-te paz.
É bonito ser amigo, mas confesso: é tão difícil aprender!
E por isso eu te suplico paciência.
Vou encher este teu rosto de lembranças,
Dá-me tempo de acertar nossas distâncias.

Fernando Pessoa

FELIZ DIA DO AMIGO!!!

Sem Mandamentos - Oswaldo Montenegro

Vejam que letra mais linda do Oswaldo Montenegro!!

meganfox
Sem Mandamentos - Oswaldo Montenegro

Hoje eu quero a rua cheia de sorrisos francos

De rostos serenos, de palavras soltas

Eu quero a rua toda parecendo louca

Com gente gritando e se abraçando ao sol

Hoje eu quero ver a bola da criança livre

Quero ver os sonhos todos nas janelas

Quero ver vocês andando por aí

Hoje eu vou pedir desculpas pelo que eu não disse

Eu até desculpo o que você falou

Eu quero ver meu coração no seu sorriso

E no olho da tarde a primeira luz

Hoje eu quero que os boêmios gritem bem mais alto

Eu quero um carnaval no engarrafamento

E que dez mil estrelas vão riscando o céu

Buscando a sua casa no amanhecer

Hoje eu vou fazer barulho pela madrugada

Rasgar a noite escura como um lampião

Eu vou fazer seresta na sua calçada

Eu vou fazer misérias no seu coração

Hoje eu quero que os poetas dancem pela rua
Pra escrever a música sem pretensão
Eu quero que as buzinas toquem flauta-doce
E que triunfe a força da imaginação

Desejo que desejes por Martha Medeiros

DESEJO QUE DESEJES

oii


Eu desejo que desejes ser feliz de um modo possível e rápido, desejo que desejes uma via expressa rumo a realizações não utópicas, mas viáveis, que desejes coisas simples como um suco gelado depois de correr ou um abraço ao chegar em casa, desejo que desejes com discernimento e com alvos bem mirados.

Mas desejo também que desejes com audácia, que desejes uns sonhos descabidos e que ao sabê-los impossíveis não os leve em grande consideração, mas os mantenha acesos, livres de frustração, desejes com fantasia e atrevimento, estando alerta para as casualidades e os milagres, para o imponderável da vida, onde os desejos secretos são atendidos.

Desejo que desejes trabalhar melhor, que desejes amar com menos amarras, que desejes parar de fumar, que desejes viajar para bem longe e desejes voltar para teu canto, desejo que desejes crescer e que desejes o choro e o silêncio, através deles somos puxados pra dentro, eu desejo que desejes ter a coragem de se enxergar mais nitidamente.

Mas desejo também que desejes uma alegria incontida, que desejes mais amigos, e nem precisam ser melhores amigos, basta que sejam bons parceiros de esporte e de mesas de bar, que desejes o bar tanto quanto a igreja, mas que o desejo pelo encontro seja sincero, que desejes escutar as histórias dos outros, que desejes acreditar nelas e desacreditar também, faz parte este ir-e-vir de certezas e incertezas, que desejes não ter tantos desejos concretos, que o desejo maior seja a convivência pacífica com outros que desejam outras coisas.

 

Desejo que desejes alguma mudança, uma mudança que seja necessária e que ela não te pese na alma, mudanças são temidas, mas não há outro combustível pra essa travessia. Desejo que desejes um ano inteiro de muitos meses bem fechados, que nada fique por fazer, e desejo, principalmente, que desejes desejar, que te permitas desejar, pois o desejo é vigoroso e gratuito, o desejo é inocente, não reprima teus pedidos ocultos, desejo que desejes vitórias, romances, diagnósticos favoráveis, aplausos, mais dinheiro e sentimentos vários, mas desejo antes de tudo que desejes, simplesmente.

Dona moça, me faz um favor?


Dona moça, me faz um favor?
"Dona moça, me faz um favor? Não supervalorize os maldosos que te atravessarem o caminho. Não dê importância demais a quem perde horas do seu dia tentando borrar seu sorriso. Pise forte na maldade. Sem tropeçar, sem fraquejar. Junte todas as pessoas que te querem bem, te mandam boas vibrações e te enchem de paz, e esmague as más vibrações com o peso delas. Não aceite críticas de quem não conhece suas lutas diárias.
Não tolere julgamentos de quem não consegue ficar em paz diante do seu brilho. E brilhe cada vez mais forte, até cegar a energia ruim dessa gente que tenta ser feliz por vingança, enquanto você planta paz e esperança e colhe alegrias por merecimento.
Envie luz pra quem te calunia e deseja mal. Deseje fé em si mesmo, pra quem não consegue acreditar na felicidade que tanto diz estar vivendo.
Espalhe suas levezas e doçuras, desate os nós que o passado deixou e flutue.
Se algumas pessoas te desejarem o mal, deseje a elas amor. E felicidade o suficiente pra que vivam as suas vidas e esqueçam de uma vez por todas da sua.
Esquece essa gente pequena, dona moça. Não é todo mundo que guarda no peito, um baú feito o seu, cheio de inspiração, flores, cores e delicadezas.
Tem gente que transforma o que passou, em mágoa. Feliz é você, dona moça, que pega o que restou do passado e transforma em poesia."

Textos lindos e doces…


 

imagens-lindas-tumblr-126
E o mais bonito foi quando ela descobriu, que podia
ouvir e entender estrelas.
Só quem ama pode."

(Caio Fernando Abreu)

imagens-lindas-tumblr-408

"Não é sempre
Que a ausência deixa saudades.
Às vezes ...
Ela deixa pedaços de vento,
Que atravessam os nossos silêncios. ”

(Bruno de Paula )



imagens-lindas-tumblr-186

"Com as leves
asas do amor transpus estes muros, porque os
limites de pedra não
servem de empecilho para o amor. E o que o amor
pode fazer, o amor
ousa tentar."

-W. Shakespeare-



imagens-lindas-tumblr-46

Meu Deus, não sou muito forte,
não tenho muito além de uma certa fé...
não sei se em mim, se numa coisa que chamaria de justiça-cósmica,
ou a coerência final de todas as coisas.
Preciso agora da tua mão sobre a minha cabeça.
Que eu não perca a capacidade de amar, de ver, de sentir.
Que eu continue alerta.
Que, se necessário, eu possa ter novamente o impulso do vôo no momento exato.
Que eu não me perca, que eu não me fira, que não me firam, que eu não fira ninguém. Livra-me dos poços e dos becos de mim, Senhor.
Que meus olhos saibam continuar se alargando sempre."

(Caio Fernando Abreu)


 



Curta o Olhar Feminino no Facebook

Não sou pra todos e Avesso


imagens-lindas-tumblr-157
Não sou pra todos.
Gosto muito do meu mundinho.
Ele é cheio de surpresas, palavras soltas e cores misturadas.
Às vezes tem um céu azul, outras tempestade.
Lá dentro cabem sonhos de todos os tamanhos,
mas não cabe muita gente.
Todas as pessoas que estão dentro dele não estão por acaso.
São necessárias.

(Caio Fernando Abreu)

imagens-lindas-tumblr-317

Avesso

pode parecer promessa
mas eu sinto que você é a pessoa
mais parecida comigo
que eu conheço
só que do lado do avesso
pode ser que seja engano
bobagem ou ilusão
de ter você na minha
mas acho que com você eu me esqueço
e em seguida eu aconteço
por isso deixo aqui meu endereço
se você me procurar
eu apareço
se você me encontrar
te reconheço.
(Alice Ruiz)

Curta o Olhar Feminino no Facebook

Se Perguntarem por mim


imagem-tumblr-borboleta-facebook

Se Perguntarem por mim
Diga que estou em retiro
Pra dentro de mim
E não sei o q encontrarei aqui
Sei apenas q tenho um coração machucado
Então,se perguntarem por mim
Diga q fui a praia
Mergulhei nas águas dos meus sentimentos
E estou aprendendo a nadar
Mas ñ comente por favor
Detesto dar explicações
Ou diga q estou num safári
E estou mesmo!
Estou caçando a pessoa q fui
E descobrindo como sou
Entre os escombros da minha vida
Melhor..
Se perguntarem por mim
Diga que fui pescar
Estou pescando mesmo!
Relaxadamente à beira do lago da mente
Separando os cardumes
Observando, catalogando
E me preparando pra voltar ao dia a dia
Isso se perguntarem por mim!
Porque nesse momento
Quero que até o meu nome descanse.

V. Rossini

Curta o Olhar Feminino no Facebook

Pesquisas: perfil feminino, imagem para tumblr,textos lindos, imagens para facebook, perfis para orkut, perfis femininos, frases para perfis.

Porque amar é uma decisão

imagens-rosas-flores-49Um trabalho pode ser apenas um emprego, um enfado, uma obrigação, um lugar de onde você tira o mínimo pra sobreviver, pra onde você vai todos os dias porque não tem outro jeito, reclamando infeliz da vida.

Mas se você colocar amor, ele se torna sua missão, sua realização, seu prazer, fica cheio de significado e poesia… Um dos seus motivos para acordar.

Um bebê que nasce pode ser apenas um pedaço de carne com olhos e boca que vai sugar sua energia, tomar todo seu tempo, atrapalhar o seu sono, trazer gastos e dívidas e amarrar sua vida por um longo tempo.

Mas se você colocar amor nessa relação, o bebê se torna seu filho, e você vai curtir cada minuto, comemorar cada conquista, sofrer com cada tropeço e experimentar o lago mais profundo que um sentimento pode encher.

Um problema pode ser só um evento ou um fato que você, infelizmente, tem que resolver.

Mas resolva com amor, e você terá uma causa, uma luta, um aprendizado, algo para te desafiar e ensinar.

Uma pessoa com quem você convive pode ser apenas um colega, alguém que está perto, que não atrapalha, mas também não faz falta nenhuma, com quem você trabalha, almoça, pega ônibus, cruza no portão de casa, fica junto apenas por ficar.

Mas dedique algum amor a essa pessoa e ela será um amigo, alguém com quem você pode dividir sua existência, alguém que te ajude a compreender tudo e todos, com quem você pode realmente contar, a quem você pode realmente ajudar, e com quem você poderá se sentir menos só no mundo.

O lugar onde você vive pode ser apenas um chão pra você pisar, uma região de onde você pode retirar tudo que precisa, um espaço para você depositar ou retirar coisas, um lugar como qualquer outro onde você casualmente nasceu e/ou vive.

Mas coloque amor nisso e você terá um lar, uma cidade, um país para defender, e rapidamente aparecerão oportunidades para tornar você alguém mais responsável, mais cidadão, mais transformador da realidade – e portanto, mais consciente e ativo.

Uma pessoa problemática pode ser só alguém que não tem mais jeito, um tropeço, uma encheção, alguém vazio, sem esperança, sem futuro, sem razão de existir, que merece ser jogado de lado, abandonado, deixado para trás.

Mas dê muito amor, invista, acredite, cuide, fique quando todos já foram – e então você verá uma nova pessoa, alguém com um novo horizonte, com uma nova paixão, com um novo motivo, e então a vida pulsará em você também.

Alguém que você conhece pode ser só mais uma boca para beijar, um corpo para usar, alguém para passar o tempo, alguém com quem ficar trocando mentirinhas e truques de sedução… Mais um para colocar na lista de conquistas.

Mas se você colocar amor, essa pessoa pode ser sua companheira, sua alegria, alguém que você deseja com força, alguém para te desafiar e te levar cada vez mais além.

Religião, sem amor, é prisão; com amor, é fé.

Leitura, sem amor, é tarefa; com amor, é alegria.

Música, sem amor, é barulho; com amor, é arte.

Doação, sem amor, é vaidade; com amor, é solidariedade.

Sanções, sem amor, são ordens; com amor, são cuidados.

Reflexões, sem amor, são apenas pensamentos; com amor, são movimento.

Uma palavra, dita com amor, é um carinho.

Uma ação, se tem amor, é um gesto.

Um objeto, se tem amor, é um poema.

Um projeto, quando feito com amor, já é um sucesso.

Uma comida, feita com amor, é um banquete.

Um filme, feito com amor, é um clássico.

Uma viagem, vivida com amor, é uma jornada.

Uma tarefa, realizada com amor, é uma criação.

Uma escolha, quando feita por amor, é o caminho certo.

Uma mudança, quando vem com amor, é progresso.

O amor não acontece. Ele faz acontecer…

Porque o amor não é mágica. É uma decisão.

Autora: Karina Cabral – Blog Mafalda Crescida

Por que você não vem morar comigo

Linda música do Chico César. Vale o clique.
botoes-de-rosa-tumblr

Por que você não vem morar comigo
Alimentar meu cão, meu ego
Cansei de ser assim, colega
Não sei mais ser só seu amigo

Eu quero agora ser o seu amado
Você me deixa a perigo
O amor me corta feito adaga
Mas vem você e afaga
Com afeto tão antigo

Você não leva a sério o que eu digo
E enche a taça que me embriaga
Me prega em cruz feito jesus de praga
Mas sempre me defende e compra minhas brigas

Não ligo
Se é amor ou amizade vaga
Dizem que o amor a amizade estraga
E esta a este tira-lhe o vigor

Não ligo
Se é caretice ou romantismo brega
Um dia em mim essa aflição sossega
More comigo e traga o seu amor

Adoro o jeito que você me pega
Me chama de meu nego, minha nega
E quando me abraça e eu me entrego
Vem você e diz cuidado com esse apego

Amigos falam que esse mico eu pago
Pois mudo logo quando você chega
E acende a luz, mas essa luz me cega
E abre em rosa a pedra que no peito eu trago

Meu coração é desarmado

Vi no Facebook esse texto da Ana Jácomo e achei lindo! Fiz uma imagem caso queira postar no orkut, Twitter, Facebook ou Tumblr.

coração desarmado



"Meu coração é totalmente desarmado.
Se eu amo, amo mesmo.
Se eu confio, confio mesmo.
Mas, o tempo, o aprendizado que vem com as circunstâncias, tem me ensinado que inocência é coisa pra andar bem juntinha da sabedoria.
Meu coração é desarmado, mas grande parte dos outros não é."

Ana Jácomo

amor-desarmado

Mais ou menos…

324177_322898797731043_261374570550133_1051518_1250864081_o‎"Me diga que está triste, eu te consolo. Me diga que nunca foi tão feliz, eu concordo. Me ame ou me odeie. Me mande pra puta-que-o-pariu ou me convide pra ir com você. Exploda na minha cara ou se derreta na minha mão. Deixa eu te ver morrendo de tanto rir ou com vergonha das olheiras de tanto chorar. Só não me esconda o rosto. Me abrace, me esmurre, me lamba ou me empurre. Só não me balance os ombros. Não me perturba assistir tua dor nem acompanhar teu gás. Te ver mais ou menos realmente me incomoda.
Mais ou menos não rende papo, não faz inverno nem verão, não exige uma longa explicação. É melhor estar alegre ou estar triste, mais ou menos é a pior coisa que existe!"

(Gabito Nunes)

Um brinde ao tempo

No último capítulo da Novela Vida da Gente, a personagem Iná (Nicete Bruno) encerrou a novela com o belíssimo texto....
390539_320434541310802_261374570550133_1043549_2028116860_n
"Quem teve o privilégio de viver muito sabe que o tempo é um mestre muito caprichoso. Às vezes, as suas lições são tão repentinas que quase nos afogam. Outras vezes, elas se depositam devagar como a conta gotas diante da avidez das nossas perguntas. E, por isso, quem teve o privilégio de viver muito tempo, aprende a olhar com serenidade o turbilhão da vida.
Amores ardentes se extinguem. Urgências se acalmam. Passos ágeis, alentam.
Enfim, tudo muda. Muda o amor, mudam as pessoas, muda a família, só o tempo permanece do mesmo modo, sempre passando.
Um brinde ao tempo que esculpiu no meu rosto e na minha alma a sua marca que tanto me orgulho.

Ao Tempo!.... Ao Tempo....."

Para se fazer uma menina…

tumblr_luz302Simg1r3ulq2o1_500_largePara se fazer uma menina, toma-se uma xícara de felicidade, dois botões azuis, pétalas de rosa, um pouco de glacê, um punhadinho de areia, três conchinhas róseas, uma colherada de imaginação. Acrescenta-se também um pouquinho de sal, muito açúcar e mel, uma casquinha de sorvete, o dengo de um gatinho novo e três gotinhas de perfume.
Não esquecer de um espelhinho prateado, pois antes de tudo uma menina é mulher, e logicamente vaidosa.
É importante acrescentar uma borboleta amarela, muita inocência e um dedinho com band-aid.
Recolha com cuidado uma gotinha de orvalho, o brilho de uma jóia, todos os matizes de um quadro de Renoir, uma pitada de sonho e muito carinho.
Consiga um pouquinho daquela brisa que sopra do mar, uma colherinha da luz das estrelas, um sorriso inesperado, o ruído de uma onda na praia e deixe tudo isso ao luar.
Misture tudo e acrescente muita ternura e amor, um pouco de teimosia e muita curiosidade, uma lágrima e duas asinhas de beija-flor.
É assim que são feitas as meninas.



(DA)

Fragmentos lindos da poesia de Ana Jácomo

Ana Jácomo escreve textos e poesias lindas. Palavras que falam diretamente ao coração, aos sentimentos de cada um. Deliciem-se...

textos e poesias lindas
"O melhor do abraço é o charme de fazer com que a eternidade caiba em segundos. A mágica de possibilitar que duas pessoas visitem o céu no mesmo instante".
(Ana Jácomo)

textos e poesias lindas

"Às vezes eu tenho a impressão de que alguns sorrisos são ondas que começam no coração, brincam de sol nos olhos e, instantaneamente, levam clarão para a boca, para o rosto todo, para a vida inteirinha".
(Ana Jácomo)

textos e poesias lindas

"Existem saudades que sabem rir.
São as minhas preferidas".
(Ana Jácomo)

textos e poesias lindas

"Depois de cada momento de fraqueza, meu coração prepara em silêncio, uma nova fornada de coragem".
(Ana Jácomo)

textos e poesias lindas

"Amor tem outro cheiro. Outra natureza. Outra frequência. Outro chamado.
É para ser luz pra dois, com todas as sombras de cada um".
(Ana Jácomo)

textos e poesias lindas

"Torça bem as lágrimas, uma a uma, até desencharcar o coração. Depois, estenda a tristeza pra secar no varal da autogentileza. Lá costuma bater sol".
(Ana Jácomo)



textos e poesias lindas
 

"Ouça com o coração quando quase lhe parecer silêncio: é o meu amor
falando baixinho só pra não acordar o seu medo de amar".
(Ana Jácomo)

textos e poesias lindas

"Tentava sentir baixinho, mas o amor fala alto, mesmo quando silencia".
(Ana Jácomo)

textos e poesias lindas

"E se não quisermos, não pudermos, não soubermos, com palavras, nos dizer um pouco um para o outro, senta ao meu lado assim mesmo. Deixa os nossos olhos se encontrarem vez ou outra até nascer aquele sorriso bom que acontece quando a vida da gente se sente olhada com amor. Senta apenas ao meu lado e deixa o meu silêncio conversar com o seu. Às vezes, a gente nem precisa mesmo de palavras".
(Ana Jácomo)

textos e poesias lindas

"Economizar amor é avareza. Coisa de quem funciona na frequência da escassez. De quem tem medo de gastar sentimento e lhe faltar depois. É terrível viver contando moedinhas de afeto. Há amor suficiente.
Há amor para todo mundo.
Há amor para quem quer se conectar com ele.
Não perdemos quando damos: ganhamos junto".
(Ana Jácomo)

textos e poesias lindas

"O amor não pede esforço.
O amor acontece".
(Ana Jácomo)

textos e poesias lindas

"Entusiasmo é quando o coração da gente


fica todo florido de Deus".
(Ana Jácomo)

textos e poesias lindas

"Tem dor que vira companhia. Olhando de perto, faz tempo que deixou de doer, só tem fama, mas a gente não solta. Quem sabe, pelo receio de não saber o que fazer com o espaço, às vezes grande, que ficará desocupado se ela sair de cena. Vazio é também terreno fértil para novos florescimentos, mas costuma causar um medo inacreditável. Quando, finalmente, criou coragem e deixou de dar casa, comida e roupa lavada para a tal dor, ela desapareceu".
(Ana Jácomo)
textos e poesias lindas

"Não é preciso agendar, entrar em fila, contar com a sorte, acordar cedo para pegar senha: a possibilidade de recomeço está disponível o tempo todo, na maior parte dos casos. Não tem mistério, ela vem embrulhada com o papel bonito de cada instante novo, essa página em branco que olha pra gente sem ter a mínima ideia do que escolheremos escrever nas suas linhas. O que é preciso mesmo é coragem para abrir o presente".
(Ana Jácomo)



 

Historinha Romântica

Para os românticos de plantão, um texto muito lindinho.
amor-love-romance-casal apaixonado

Ela liga para ele, às 03:00 da manhã, depois de acordar chorando …
ELE: Alô?
ELA: Ei.
ELE: O que aconteceu?...
ELA: ... Nada não … É que eu tive um pesadelo e…
ELE: E …?
ELA: E acordei chorando. E decidi te ligar.
ELE: Tá tudo bem, amor?
(ela demora para responder, afinal, ainda estava pensando em seu sonho)
ELA: Tá… Tá tudo bem sim.
ELE: Hum…
(ela escuta um barulho, e fica com medo)
ELA: Amor…
ELE: Fala, princesa.
ELA: Tô com medo. Que merda. Que coisa mais infantil.
(ele ri, fazendo-a se distrair e rir também) Passam dez minutos conversando, de repente ela escuta alguém bater na porta.
ELA: Amor, tem alguém aqui, vou desligar.
ELE: Ei, espera.
ELA: O que foi?
ELE: Abre a porta pra mim?
ELA: O que você tá fazendo aqui?
ELE: Não disse que tava com medo? Então, vim dormir com você, e te proteger, bobinha.
(ela fica vermelha)
ELA: Idiota.
ELE: Linda.
ELA: Besta.
ELE: Ei, amor…
ELA: O que foi?
ELE: Abre a porta… Tá frio aqui fora sem você".

(Desconheço a autoria)

La gente que me gusta - Mario Benedetti

cupid-basket-anjo-cesta-flores


Me gusta la gente que vibra, que no hay que empujarla, que no hay que decirle que haga las cosas, sino que sabe lo que hay que hacer y que lo hace. La gente que cultiva sus sueños hasta que esos sueños se apoderan de su propia realidad. Me gusta la gente con capacidad para asumir las consecuencias de sus acciones, la gente que arriesga lo cierto por lo incierto para ir detrás de un sueño, quien se permite huir de los consejos sensatos dejando las soluciones en manos de nuestro padre Dios.
Me gusta la gente que es justa con su gente y consigo misma, la gente que agradece el nuevo día, las cosas buenas que existen en su vida, que vive cada hora con buen ánimo dando lo mejor de sí, agradecido de estar vivo, de poder regalar sonrisas, de ofrecer sus manos y ayudar generosamente sin esperar nada a cambio.
Me gusta la gente capaz de criticarme constructivamente y de frente, pero sin lastimarme ni herirme. La gente que tiene tacto.
Me gusta la gente que posee sentido de la justicia.
A estos los llamo mis amigos.
Me gusta la gente que sabe la importancia de la alegría y la predica. La gente que mediante bromas nos enseña a concebir la vida con humor. La gente que nunca deja de ser aniñada.
Me gusta la gente que con su energía, contagia.
Me gusta la gente sincera y franca, capaz de oponerse con argumentos razonables a las decisiones de cualquiera.
Me gusta la gente fiel y persistente, que no desfallece cuando de alcanzar objetivos e ideas se trata.
Me gusta la gente de criterio, la que no se avergüenza en reconocer que se equivocó o que no sabe algo. La gente que, al aceptar sus errores, se esfuerza genuinamente por no volver a cometerlos.
La gente que lucha contra adversidades.
Me gusta la gente que busca soluciones.
Me gusta la gente que piensa y medita internamente. La gente que valora a sus semejantes no por un estereotipo social ni cómo lucen. La gente que no juzga ni deja que otros juzguen.
Me gusta la gente que tiene personalidad.
Me gusta la gente capaz de entender que el mayor error del ser humano, es intentar sacarse de la cabeza aquello que no sale del corazón.
La sensibilidad, el coraje, la solidaridad, la bondad, el respeto, la tranquilidad, los valores, la alegría, la humildad, la fe, la felicidad, el tacto, la confianza, la esperanza, el agradecimiento, la sabiduría, los sueños, el arrepentimiento y el amor para los demás y propio son cosas fundamentales para llamarse GENTE.
Con gente como ésa, me comprometo para lo que sea por el resto de mi vida, ya que por tenerlos junto a mí, me doy por bien retribuido.

Mario Benedetti

A tradução deste texto é linda. Leia!!

216

A GENTE QUE EU GOSTO

Eu gosto de gente que vibra, que não tem de ser empurrada, que não tem de dizer para que faça as coisas, mas que sabe o que tem que fazer e que faz. A gente que cultiva seus sonhos até que esses sonhos se apoderam de sua própria realidade.
Eu gosto de gente com capacidade para assumir as consequências de suas ações, de gente que arrisca o certo pelo incerto para ir atrás de um sonho, que se permite, abandona os conselhos sensatos deixando as soluções nas mãos de Deus.
Eu gosto de gente que é justa com sua gente e consigo mesma, da gente que agradece o novo dia, as coisas boas que existem em sua vida, que vive cada hora com bom ânimo dando o melhor de si, agradecido de estar vivo, de poder distribuir sorrisos, de oferecer suas mãos e ajudar generosamente sem esperar nada em troca.
Eu gosto de gente capaz de me criticar construtivamente e de frente, mas sem me machucar ou me ferir. De gente que tem tato.
Gosto da gente que possui senso de justiça.
A estes eu chamo de meus amigos.
Eu gosto de gente que sabe a importância da alegria e a pratica. De gente que por meio de piadas nos ensina a conceber a vida com humor.

Pessoas que nunca deixam de ser infantis.

Eu gosto das pessoas cuja energia é contagiosa.
Gosto de pessoas sinceras e honestas, capazes de motivos razoáveis ​​para se opor a qualquer decisão.


Gosto de gente fiel e persistente, que não descansa quando se trata de alcançar objetivos e ideias.
Eu gosto de pessoas de opinião, que não se envergonhae de admitir que estava errado ou que não sabe alguma coisa. Pessoas que, ao aceitar seus erros, faz um esforço genuíno para não repeti-los.
De gente que luta contra adversidades.
Gosto de gente que busca soluções.
Eu gosto de gente que pensa e medita internamente.
De gente que valoriza seus semelhantes, não por um estereótipo social ou como se apresentam.
De gente que não julga, nem deixa que outros julguem.
Gosto de gente que tem personalidade.
Eu gosto de gente que é capaz de entender que o maior erro do ser humano é tentar arrancar da cabeça aquilo que não sai do coração.
A sensibilidade, a coragem, a solidariedade, a bondade, o respeito, a tranquilidade, os valores, a alegria, a humildade, a fé, a felicidade, o tato, a confiança, a esperança, o agradecimento, a sabedoria, os sonhos, o arrependimento, e o amor para com os demais e para consigo próprio são coisas fundamentais para chamar-se GENTE.
Com gente como essa, me comprometo, para o que seja, pelo resto de minha vida... já que, só por tê-los junto a mim, me dou por bem retribuído.

Mario Benedetti

Vocalista do Biquíni Cavadão canta e recita poesia para o filho morto

"A morte de um filho é uma gravidez às avessas", diz o poema. Criança foi uma das vítimas de acidente com helicóptero na Bahia.

O vocalista da banda Biquíni Cavadão, Bruno Gouveia, homenageou o filho Gabriel, de dois anos, cantando a música "Vento Ventania" durante missa de sétimo dia do menino, que foi uma das sete vítimas do acidente com um helicóptero, ocorrido no último dia 17, em Porto Seguro (BA).

Realizada na noite desta sexta-feira (24) na Igreja Nossa Senhora da Paz, em Ipanema, na zona sul, a cerimônia prestou homenagens também a outras três pessoas que morreram no acidente: a jornalista Jordana Kfuri Cavendish, o seu filho Luca Kfuri de Magalhães Lins e a irmã Fernanda Kfuri.

Além da música, Bruno também recitou uma poesia que fez em homenagem ao filho intitulada de "Partida". (Leia a íntegra no final). Ele afirmou ter composto o poema durante a semana "em meio a uma tarde triste" por não poder levar o filho à creche.

A participação de Bruno foi o momento de maior emoção na missa, que reuniu cerca de 500 pessoas. O músico contou que, há duas semanas, esteve na mesma igreja com o filho e lhe apresentou a casa do "papai do céu".

Entre os presentes na cerimônia, estavam a atriz e apresentadora Regina Casé e o integrante da banda Kid Abelha George Israel.

Outra vítima da tragédia, a jovem Mariana Noleto, foi homenageada em missa na capela do colégio Santo Inácio, em Botafogo, na zona sul.

(Fonte: IG)

Leia abaixo a poesia escrita por Bruno em homenagem a Gabriel:

Tristeza_336964324_tristeza

PARTIDA

"A morte de um filho
é uma gravidez às avessas
volta pra dentro da gente
para uma gestação eterna

aninha-se aos poucos
buscando um espaço
por isso dói o corpo
por isso, o cansaço

E como numa gestação ao contrário
a dor do parto é a da partida
de volta ao corpo pra acolhida
reviravolta na sua vida

E já começa te chutando, tirando o sono
mexendo os órgãos, lembrando o dono
que está presente, te bagunçando o pensamento
te vazando de lágrimas e disparando o coração,

A morte de um filho é essa gravidez ao contrário
mas com o tempo, vai desinchando
até se transformar numa semente de amor
e que nunca mais sairá de dentro de ti."

Carta aos fãs,amigos e familiares do Biquini Cavadão

Bruno Gouveia, vocalista do Biquini Cavadão, publicou nesta sexta-feira (24) uma carta aos fãs, amigos e familiares no site oficial da banda comentando sobre o acidente de helicóptero que causou a morte de sete pessoas, entre elas a de seu filho, Gabriel Kfuri, e de sua ex-mulher, Fernanda Kfuri.

No texto, o músico conta que estava nos Estados Unidos e que um esquema foi armado por pessoas próximas para garantir que ele recebesse a notícia apenas quando chegasse ao Brasil. 

Bruno Gouveia também falou que vai manter a agenda de shows do Biquini Cavadão apesar do ocorrido. "Quero fazer para o meu Gabriel o show mais lindo do mundo. E assim serão todos que eu puder fazer pro resto de minha vida!"

Veja abaixo as datas das próximas 10 apresentações da banda:

25/06 - Inconfidentes (MG)  -  26/06 - Cachoeiro de Itapemirim (ES)
09/07 - Leopoldina (MG) - 15/07 - São Geraldo (MG)
16/07 - Resende Costa (MG) - 22/07 - São Paulo (SP)
23/07 - João Pessoa (PB) - 26/07 - Tremembé (SP)
30/07 - Salinópolis (PA) - 05/08 - Colômbia (SP)


vocalista-da-banda-biquini-cavadao-bruno-gouveia-chega-ao-velorio-do-filho-gabriel-kfuri-2-e-da-mae-do-menino-fernanda-kfuri-35-vitimas-da-queda-do-helicoptero-na-bahia-1308504107011_615x300


Leia na íntegra a carta publicada por Bruno Gouveia:


"O pior dia de minha vida"


Caros amigos, parentes e fãs

Queria começar este post agradecendo a todos pela solidariedade, pelas mensagens de carinho, força, amor, fé, esperança por dias melhores. Em especial, meus familiares e toda equipe de minha banda, o Biquini Cavadão. Meu irmão Fábio e meu amigo Antônio Bindi conseguiram me isolar enquanto eu estava nos Estados Unidos para compor músicas pro novo disco. Sem celular e acesso a internet, não soube do ocorrido. Tinha acabado de chegar de Los Angeles em Nova Iorque. Eu e Coelho pegamos vôos diferentes e nos encontramos no aeroporto.

Era para ficarmos três dias na cidade compondo com uma artista neozelandeza. Entretanto, ao encontrar meu guitarrista ele me avisou que tínhamos de voltar para “fazer um show muito importante”. Era cedo em Nova Iorque e passamos o nosso único dia na cidade perambulando pelas ruas até a hora de voltar para o aeroporto. Foi fundamental o seu cuidado comigo, me isolando de possíveis brasileiros que pudessem me dar a trágica notícia. Até no aeroporto, ele conseguiu que eu ficasse em uma sala VIP sem que eu desconfiasse de nada. Ao mesmo tempo, minha namorada Izabella me ocupava o tempo todo, distraindo-me com intermináveis ligações. Ela, cantora da banda Menina do Céu, enviou uma substituta para seus shows e ficou falando sem parar comigo, me distraindo carinhosamente. Por vezes, eu dizia que estava cansado de falar e queria aproveitar a cidade. Ela então enviava mensagens de texto para Coelho: “Ele cansou, agora, segure as pontas!”. E assim, longas horas se passaram até que o avião finalmente decolasse com destino ao Rio.

Ao chegar, fui recepcionado por uma delegação que cuidou de acelerar os tramites com imigração e alfândega (agradeço ao Governador Sergio Cabral por todo este cuidado). Nem assim, desconfiei. Pensava apenas “Nossa, este show deve ser importante mesmo!”. Para evitar sair pela porta principal, onde jornalistas nos aguardavam, me fizeram passar por trás, saindo pelo desembarque doméstico, onde fui recebido pelo meu produtor. Ele me recebeu correndo e me disse para entrar numa sala. Achei que, pela pressa toda em me retirar do local, eu devesse entrar num taxi ou ônibus para o local do show. Ouvi apenas, você tem que dar uma entrevista para a TV Globo. E foi então que notei, ao entrar na sala, que não havia show algum para ser feito, muito menos entrevista.

O primeiro que vi foi Miguel, tecladista do Biquini, mas logo estranhei a presença de Izabella. Numa rápida passada de olhos, notei que meus familiares estavam ali. Todos, menos meu pai.

- Eu já sei porque estou aqui. – tentei adivinhar

- Você sabe? – perguntou minha mãe, chorando

- Bruno, sente-se por favor – pedia meu irmão

- Meu pai….. – balbuciei

- Ele está bem, Bruno, seu pai está bem. – alguém que não me lembro, me avisou

Meu irmão insistiu para que eu sentasse enquanto começava a me dizer que uma imensa tragédia havia se abatido sobre nós.

- Gabriel ? – temi acertar

Então, meu irmão respirou fundo e me contou que Gabriel e a minha ex-mulher Fernanda haviam morrido num desastre de helicóptero em Trancoso. A irmã de Fernanda, Jordana, e seu filho Lucas, também pereceram. Me contou tudo que houve, que Fernanda ainda chegou com vida à praia mas faleceu no hospital.

- Eu não estou ouvindo isso – repetia

E os detalhes eram falados como um esparadrapo arrancado da pele: rapidamente e com muita dor.

- Meu anjinho…. – eu só conseguia dizer isso

E neste momento, Miguel, Birita, minha mãe, Izabella, todos me abraçaram e choraram muito. Eu continuava com os olhos arregalados em total choque. Magal, baixista, não parava de soluçar. Minha tia avó estava inconsolável. Cada um ali sofria minha dor que estava apenas começando.

Com a fala ofegante, eu recusei os remédios, queria ter consciência dos meus atos, e apenas pedi: por favor, me levem a eles. Uma van nos esperava e fomos direto ao Cemitério São João Baptista. Fernanda e Gabriel seriam sepultados juntos no jazigo da minha família.

Permaneci em total estado de choque. Pessoas me cumprimentavam. Colegas de estrada, amigos de longa data, diversos parentes. Minha prima Regina Casé me consolava, mas não era capaz de assimilar o que ela dizia. Sheik, da primeira formação da banda, com quem não falava há muitos anos, se reencontrou comigo. Jornalistas, músicos, primos que vieram de outras cidades, além da sofrida família de minha ex-mulher velavam os dois caixões. Não podia abri-los. No topo, apenas as fotos dos dois. O dia estava bonito e tudo parecia uma cidade cenográfica. Eu certamente acordaria deste sonho, acreditava. Em vão. A coroa de flores do Biquini dizia “Hang on, Be Strong”. Que ironia! Eram os versos de uma música em inglês que fizemos com a cantora Beth Hart em Los Angeles que diziam

Hang on, be strong/ sometimes life can slip away/

Segure firme, seja forte / Às vezes, a vida pode te escapar

Sem saber, havia composto nesta viagem a letra da música para me amparar!

Gabriel viveu 2 anos e dez meses. Tive a felicidade e honra de ser mais que um pai. Eu me apelidava de “pãe”. Logo que ele nasceu, pedi à mãe que, uma vez que a amamentação era um privilégio dela, que o banho dele fosse o meu. E todos os dias eu o banhava, trocava suas fraldas, ninava e o colocava para dormir. Viajava muito mas, em seguida, pegava o primeiro voo para vê-lo acordar e poder passear na pracinha. Eu era o único homem em meio a tantas mães e babás. Tive noites mal dormidas, traduzi-lhe com beijos o que diziam as palavras. Igualmente era o único pai nas aulas de natação para bebês. Participei de cada momento de sua vida com um mergulho intenso e de cabeça.

Fernanda foi minha mulher e companheira por dez anos, convivendo numa querida família. Em 2007, decidimos ter nosso filho e ele nasceu no dia dos pais – o maior presente que poderia receber. Por sorte ou coincidência, não tive show no dia e pude vê-lo nascer. Infelizmente, nosso relacionamento passou por crises que culminaram com nosso afastamento como casal. Divórcios sempre são estressantes mas acreditava que o tempo curaria as feridas e seríamos bons amigos.


Nós dois éramos muito ligados ao Gabriel e eu era um pai coruja que beirava o chato. Meu único assunto era ele. Os fãs se deliciavam, enquanto eu mostrava fotos mais recentes. Também fiz vários videoclipes e, junto com minha ex-mulher, postamos tudo no blog http://mimevoce.blogspot.com contando desde a gestação, passando pelo nascimento e por todos os detalhes do seu dia a dia.

Perdi duas pessoas que marcaram minha vida. E quando o padre perguntou no velório se alguém queria dizer algo, eu levantei o braço. Tirei todas as forças de dentro de mim e cantei:

Tudo que viceja, também pode agonizar… e perder seu brilho em poucas semanas….  E não podemos evitar que a vida / trabalhe com o seu relógio invisível/ tirando o tempo de tudo que é perecivel

Entre soluços e lágrimas, muitos presentes me acompanharam ao som de Impossível, sucesso do Biquini Cavadão.

O detalhe é que cantei “é impossível esquecer vocês”

Ao enterrá-los, veio então a difícil tarefa de voltar pra casa e ver seus brinquedos, roupas, abrir a mala e ver tudo que comprei para ele. A palavra para definir o sentimento desde então é DOR. Não uma dor latente, insistente ou aguda. É uma dor que te assalta, te maltrata e te exaspera.

Continuava chorando pouco. Só dizia para todos: “O que está acontecendo comigo? Dediquei minha vida a alegrar as pessoas, por que motivo agora tiram de mim a maior alegria de minha vida”? Incapaz de desabafar, decidi provocar o meu choro. Vi vários vídeos de meu filho, um após o outro, até que veio o grito, a dor, como uma erupção vulcânica. Urros ensurdecedores. Os vizinhos batiam à porta perguntando o que fazer para me consolar. Minha mãe em prantos, Izabella me confortando sem parar. Foi horrível, mas me senti aliviado ao conseguir. Outros descarregos deste tipo vieram ao longo da semana.

Tenho dois shows neste sábado e domingo. Depois de muito pensar, decidi fazê-los. Chamei meu amigo Marcelo Hayena, do Uns e Outros. Ele estará por perto, caso me falte a voz. Ainda assim, estou confiante em cantá-lo até o fim. O motivo é simples. Meu filho nunca viu um show meu, por ser muito pequeno. Agora, ele tem cadeira cativa. E quero fazer para o meu Gabriel, o show mais lindo do mundo. E assim serão todos que eu puder fazer pro resto de minha vida!

Obrigado a todos pela força. Não consegui ler nem metade dos recados, mas deixo aqui o meu muito obrigado emocionado e meu consolo a todos que pereceram no desastre, em especial minha querida Jordana e meu sobrinho Luquinha.

Foi o pior dia de minha vida, mas cada reza, energia, força, recado, me amparou muito. Ainda sofro mas, de agora em diante, terei de viver um dia de cada vez.

Beijem seus filhos com carinho e fiquem com Deus.

Bruno Gouveia"

Fonte: UOL Notícias

-----------------------------------------------------
Tem como não chorar? Muita força a todos os familiares que perderam seus entes queridos na tragédia do helicóptero.

Saudades – Clarice Lispector

Saudades – Clarice Lispector

Saudades

Sinto saudades de tudo que marcou a minha vida.
Quando vejo retratos, quando sinto cheiros,
quando escuto uma voz, quando me lembro do passado,
eu sinto saudades…
Sinto saudades de amigos que nunca mais vi,
de pessoas com quem não mais falei ou cruzei…
Sinto saudades da minha infância,
do meu primeiro amor, do meu segundo, do terceiro,
do penúltimo e daqueles que ainda vou ter, se Deus quiser…
Sinto saudades do presente,
que não aproveitei de todo,
lembrando do passado
e apostando no futuro…
Sinto saudades do futuro,
que se idealizado,
provavelmente não será do jeito que eu penso que vai ser…
Sinto saudades de quem me deixou e de quem eu deixei!
De quem disse que viria
e nem apareceu;
de quem apareceu correndo,
sem me conhecer direito,
de quem nunca vou ter a oportunidade de conhecer.
Sinto saudades dos que se foram e de quem não me despedi direito!
Daqueles que não tiveram
como me dizer adeus;
de gente que passou na calçada contrária da minha vida
e que só enxerguei de vislumbre!
Sinto saudades de coisas que tive
e de outras que não tive
mas quis muito ter!
Sinto saudades de coisas
que nem sei se existiram.
Sinto saudades de coisas sérias,
de coisas hilariantes,
de casos, de experiências…
Sinto saudades do cachorrinho que eu tive um dia
e que me amava fielmente, como só os cães são capazes de fazer!
Sinto saudades dos livros que li e que me fizeram viajar!
Sinto saudades dos discos que ouvi e que me fizeram sonhar,
Sinto saudades das coisas que vivi
e das que deixei passar,
sem curtir na totalidade.
Quantas vezes tenho vontade de encontrar não sei o que…
não sei onde…
para resgatar alguma coisa que nem sei o que é e nem onde perdi…
Vejo o mundo girando e penso que poderia estar sentindo saudades
Em japonês, em russo,
em italiano, em inglês…
mas que minha saudade,
por eu ter nascido no Brasil,
só fala português, embora, lá no fundo, possa ser poliglota.
Aliás, dizem que costuma-se usar sempre a língua pátria,
espontaneamente quando
estamos desesperados…
para contar dinheiro… fazer amor…
declarar sentimentos fortes…
seja lá em que lugar do mundo estejamos.
Eu acredito que um simples
“I miss you”
ou seja lá
como possamos traduzir saudade em outra língua,
nunca terá a mesma força e significado da nossa palavrinha.
Talvez não exprima corretamente
a imensa falta
que sentimos de coisas
ou pessoas queridas.
E é por isso que eu tenho mais saudades…
Porque encontrei uma palavra
para usar todas as vezes
em que sinto este aperto no peito,
meio nostálgico, meio gostoso,
mas que funciona melhor
do que um sinal vital
quando se quer falar de vida
e de sentimentos.
Ela é a prova inequívoca
de que somos sensíveis!
De que amamos muito
o que tivemos
e lamentamos as coisas boas
que perdemos ao longo da nossa existência…

- Clarice Lispector

Olhar Feminino | Template created by O Pregador | Powered by Blogger |Personalizado por Jô Angel