Olhar Feminino

Saúde, beleza, dicas,maquiagem,cabelos,unhas,mensagens lindas,amor e relacionamento,moda homem, moda mulher, Smartphones,celulares.

26 dezembro, 2009

Frases de Lua Nova


Na minha singela opinião até agora (e não li a saga toda ainda...), a história de Bella e Edward Cullen é mais linda, mais sexy e mais comovente que Romeu e Julieta (e eu li Romeu e Julieta). Tenho mania de ler e ir marcando trechos do livro que gosto.

Abaixo transcrevo as frases do livro Lua Nova (New Moon) que mais gostei:

"Não! Isso é por causa da minha alma, não é?", eu gritei, furiosa, as palavras explodindo em mim - de alguma forma, isso pareceu uma súplica. "Carlisle me falou sobre isso, e eu não ligo, Edward. Eu não ligo! Você pode ficar com minha alma. Eu não quero ela sem você - ela já é sua!"

"Não faça nada perigoso ou estúpido", ele ordenou, não mais imparcial. "Você entendeu o que eu disse?" Eu balancei a cabeça sem saída. Seus olhos se esfriaram, a distância retornou. "Eu estou pensando em Charlie, é claro. Ele precisa de você. Tome conta de sí mesma - por ele". Eu afirmei com a cabeça de novo. "Eu vou", eu sussurrei. Ele pareceu relaxar só um pouco. "E eu te farei uma promessa em retorno", ele disse. "Eu prometo que essa será a última vez que você vai me ver. Eu não vou voltar. Eu não vou te envolver em nada assim novamente. Você pode seguir a sua vida sem mais nenhuma interferência da minha parte. Será como se eu nem existisse".(nessa parte eu chorei...)

"Eu era como uma lua perdida - meu planeta havia sido destruído em algum desastre cataclísmico, um cenário de filme desolador - que continuava, ainda assim, girando ao redor da órbita apertada do buraco vazio deixado pra trás, ignorando as leis da gravidade."

♣ "Quando você se importa com uma pessoa, você já não pode mais pensar nela usando a lógica."

♣ "Eu senti Edward levantar os ombros os meu redor. "Eles têm um nome pra as pessoas que cheiram como a Bella cheira pra mim. Eles a chamam de minha cantora - porque o sangue dela canta pra mim".

♣ "Afinal, de quantas outras formas um coração podia ser maltratado e ainda esperar continuar batendo? Eu havia vivido muitas coisas que podiam ter acabado comigo nesses últimos dias, mas isso não me fez sentir mais forte. Ao invés disso, eu me sentia horrivelmente frágil, como se um palavra pudesse me fazer em pedaços."

"Uma coisa eu realmente sabia - sabia com a pontada do meu estômago, no centro dos meus ossos, sabia isso do topo da minha cabeça até as solas dos pés, sabia isso no meu peito vazio - o amor por uma pessoa pode ter o poder de te destruir. Eu estava destruída e sem reparo."

"Quando você se importa com uma pessoa, você já não pode mais pensar nela usando a lógica. ♣ O amor é irracional, eu lembrei pra mim mesma. Quanto mais você ama alguém, menos sentido as coisas fazer."

"Meus joelhos devem ter começado a tremer, porque de repente as árvores estavam crescendo. Eu podia ouvir o sangue pulsando mais rápido que o normal atrás das minhas orelhas. A voz dele soou muito distante. Ele sorriu gentilmente. "Não se preocupe. Você é humana - sua memória é como uma peneira. O tempo curas as feridas para as pessoas da sua espécie". "E as suas memórias?", eu perguntei. Parecia que havia algo enfiado na minha garganta, como se eu estivesse sufocando. "Bem" - ele hesitou por um breve segundo - "Eu não vou esquecer. Mas a minha espécie... nós nos distraímos muito facilmente". Ele sorriu; o sorriso era tranquilo e não tocou seus olhos."

♣ "Eu me senti como uma intrusa, espiando pelas rachaduras de uma tristeza que não era minha."

"O tempo passa. Mesmo quando isso parece impossível. Mesmo quando cada tique do relógio faz sua cabeça doer como se fosse um fluxo de sangue passando por uma ferida. Ele passa desigual, em estranhos solavancos e levando a calmaria embora, mas ele passa."

"Porque só havia uma coisa na qual eu precisava acreditar pra ser capaz de viver - eu precisava saber que ele existia. Isso era tudo. Tudo mais podia ser suportado. Contanto que ele existisse."

"Às vezes a lealdade fica no caminho das coisas que você quer fazer. Às vezes, nem é o seu segredo".

"O amor é irracional, eu lembrei pra mim mesma. Quanto mais você ama alguém, menos sentido as coisas fazem."

"Felicidade. Isso fazia toda a coisa de estar morrendo ser bem mais suportável."

"Isso era como se alguém tivesse morrido- como se eu tivesse morrido. Porque isso foi mais do que apenas perder o mais verdadeiro dos amores, como se isso não fosse suficiente pra matar alguém. Mas também isso era perder um futuro inteiro, uma família inteira - toda a vida que eu havia escolhido."

♣ "Antes de você, Bella, minha vida era uma noite sem lua. Muito escura, mas haviam estrelas - pontos de luz e razão... E aí você apareceu no meu céu como um meteoro. De repente, tudo estava pegando fogo; havia brilho, havia beleza. Quando você não estava lá, quando o meteoro caiu no horizonte, tudo ficou escuro. Nada havia mudado, mas os meus olhos haviam ficado cegos com a luz. Eu não conseguia mais ver as estrelas. E não havia mais razão pra nada". (nessa parte, chorei de novo...)

♣ "Quando eu te disse que não te queria, aquele foi o tipo mais negro de blasfêmia."
♣ "Eu podia ver nos seus olhos, que você honestamente acreditou que eu não te queria mais. O conceito mais absurdo, mais ridículo - como se houvesse alguma forma de eu existir sem precisar de você!"

♣ "Eu pensei que já havia explicado isso claramente antes. Bella, eu não posso existir num mundo onde você não exista".
"Mas como é que você pôde acreditar em mim? Depois dos milhares de vezes que eu disse que te amava, como é que você pôde deixar uma palavra acabar com a sua fé em mim?"

"O conceito mais absurdo, mais ridículo - como se houvesse alguma forma de eu existir sem precisar de você!"
"As chances estão sempre contra nós. Erro após erro. Eu nunca vou criticar Romeu de novo".
"Afinal, de quantas outras formas um coração podia ser maltratado e ainda esperar continuar batendo?"
"Eu não queria ser uma fonte de culpa e angústia para a vida dele. Ele devia ser feliz, não importava o que isso me custasse."
"Eu mentí, e eu lamento - lamento porque te machuquei, lamento porque foi um esforço inútil. Lamento por não ter podido te proteger do que eu sou. Eu mentí pra te salvar, e não funcionou. Eu lamento."
"Como é que eu posso colocar isso de forma que você acredite em mim? Você não está dormindo, e você não está morta. Eu estou aqui, e eu te amo. Eu sempre amei você, e eu sempre. Eu estava pensando em você, vendo o seu rosto em minha mente, durante cada segundo em que estive longe. Quando eu te disse que não te queria, aquele foi o tipo mais negro de blasfêmia".
"O jeito como eu me sinto por você nunca vai mudar. É claro que eu te amo - e não há nada que você possa fazer pra mudar isso!"
"Aliás", ele disse num tom casual. "Eu não vou te deixar".Eu não disse nada e ele pareceu ouvir o ceticismo da minha voz. Ele levantou a cabeça pra prender seus olhos aos meus. "Eu não a lugar nenhum. Não sem você", ele adicionou mais seriamente.
"Eu não sou tão forte quanto você acredita que eu sou", ele disse. "Certo e errado já deixaram de significar tanto pra mim...
"Antes de você, Bella, minha vida era uma noite sem lua. Muito escura, mas haviam estrelas - pontos de luz e razão... E aí você apareceu no meu céu como um meteoro. De repente, tudo estava pegando fogo; havia brilho, havia beleza. Quando você não estava lá, quando o meteoro caiu no horizonte, tudo ficou escuro. Nada havia mudado, mas os meus olhos haviam ficado cegos com a luz. Eu não conseguia mais ver as estrelas. E não havia mais razão pra nada".
"Era como se meu coração tivesse ido – como se eu fosse um buraco. Como se eu tivesse deixado tudo que havia dentro de mim aqui com você.”

“Eu nunca vou deixar você novamente.” (suspiro meu...)

"Se houve pelo menos uma forma de te fazer ver que eu não posso viver sem você", ele cochichou. "Tempo, eu acho, é a única forma de te convencer".

"E se você acreditasse sinceramente que uma coisa é verdade, mas estivesse mortalmente errado? E se você estivesse tão teimosamente certo de que tinha razão, que você nem podia considerar a verdade? Será que a verdade seria silenciada, ou ela se faria enxergar?"
"Edward me amava. O laço que havia entre nós não era uma coisa que podia ser quebrado pela ausência, distância, ou tempo. E não importava o quanto ele pudesse ser mais especial ou lindo ou brilhante ou perfeito que eu, ele estava tão irreversívelmente alterado quando eu. Assim como eu sempre pertenceria a ele, ele também seria sempre meu."
"Você me ama", eu disse maravilhada. O senso de convicção e impermeabilidade passou por mim novamente. Apesar dos olhos dele ainda estarem ansiosos, ele deu o sorriso torto que eu mais amava. "Sinceramente, eu amo".
"Ele realmente me queria do jeito como eu queria ele - pra sempre.(Deus que livro lindooo) ♥♥ Eu estava profundamente aliviada por ele parecer entender - confortada de que isso fazia sentido pra ele. De qualquer forma, ele não estava olhando pra mim como se eu fosse uma louca. Ele estava olhando pra mim como... se me amasse."
"O conto de fadas estava de volta. O príncipe havia retornado, o feitiço ruim foi quebrado."

"A inimizade tem raízes muito profundas".


"Pra sempre", ele prometeu, ainda vacilante. "Isso é tudo o que eu estou pedindo"

♥ Eu, simplesmente, amo Edward Cullen! ♥

5 comentários:

  1. Você me fez sentir vontade de me afundar nesses livros...muitoo lindas as frases!

    ResponderExcluir
  2. "Essas alegrias violentas têm fins violentos... Falecendo no triunfo, como fogo e pólvora, que num beijo se consomem." É aquela frase que aparece no começo do livro, retirada de Romeu e Julieta. Acho digna de estar aqui.

    ResponderExcluir
  3. Obrigada pelos comentários, meninas!

    ResponderExcluir
  4. as vezes nos temos que aprender a amar o que é bom para nos ... pai da bela falou no new moon referindo-se a jacob ... pry l!!

    ResponderExcluir